The Deviants – PTOOFF! (1967)

 Image

Os Deviants foram talvez o mais importante complexo da música britânica subterrânea e psicodélica dos anos 60, juntamente com o Pink Floyd. O grupo se formou em 1966 por Mick Farren, um jovem ativista que havia sido influenciado pelas sátiras políticas das canções dos Fugs (grupo que precede a grande influência de Frank Zappa ao abordar sátiras e tons políticos em suas canções). Farren foi um dos protagonistas da contra-cultura em Londres, foi membro dirigente do Panteras Brancos britânico (grupo anti-racista que além de outras atividades desejavam Rock and Roll, drogas, e sexo nas ruas e mais liberdade nos exércitos), organizador e promotor de noites alternativas, jornalista do “International Times” (órgão oficial de cultura alternativa) e político. Os Deviants eram, de forma direta e clara, simplesmente o apêndice de suas diversas atividades musicais, uma emanação jam-freak de todos os acontecimentos sociais e políticos que fervilharam durante a década.

O primeiro álbum, Ptooff (Underground Impresarios, 1967 – Decca, 1969 – Psycho, 1984), é uma fantasia de pesadelos adolescentes que atinge um equilíbrio entre o trash-rock das bandas da garagem e do comentário social dos Fugs. A criação em si é brilhante e vertiginosa: Farren realiza todo o complexo musical a partir de ritmos marciais e alcoolizantes, riffs estranhos, um baixo a lá Zappa, e até um tom pastelão como em People Of The City, vômitos alucinógenos como em Garbage, o pesadelo tribal e tecnológico de Nothing Man, mini-trilhas sonoras alternativas em Deviation Street e por fim, a sonoridade a lá Stooges em I’m Coming Home.

Com apenas 35 minutos de pura psicodelia, Ptooff passa a sensação de uma experiência muito boa para um tempo tão curto. A criatividade de Mick Farren e a sintonia de seu grupo ainda fariam Disposable (Stable, 1968 – Get Back, 1998) e Mona The Carnivorous Circus (Transatlantic, 1970 – Psycho, 1984 – Get Back, 1998) que são quase tão bons quanto esse aqui. Imperdível mesmo é deixar de conferir uma banda que transita entre o político e o social numa sonoridade underground e de garagem, prática de banda que ainda ficaria popular e visível nas próximas décadas. Pleno produto de seu tempo e um passo á frente da maioria dos artistas de mesma época.

Guilherme Rodrigues

 Álbum completo: 

Anúncios

5 Comentários

por | 1 de abril de 2013 · 21:19

5 Respostas para “The Deviants – PTOOFF! (1967)

  1. Victor Ramos

    Incrível. Tem uma faixa onde sons de tiros, explosões e gritos (obviamente, uma guerra) são ouvidos; genial. Reflexo da Guerra do Vietnã?

  2. danilo

    onde acho as letras ?

  3. Danilo

    =/ eu queria a tradução da música child of the sky

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s